Instagram

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Ghee: a famosa manteiga pura e sem lactose

A pronuncia correta do Ghee é gui. Essa é a famosa manteiga clarificada e purificada, com zero lactose, ou seja, livre de todos os seus resíduos lácteos e toxinas da manteiga comum. Além de ser uma delícia é extremamente saudável, um excelente coadjuvante em tratamentos para a saúde e muito utilizada nas cozinhas dos grandes chefs.
Como alguns de vocês já sabem (porque já falei por aqui), desenvolvi recentemente uma intolerância a lactose (triste né, mas a vida continua). Mas pensem pelo lado bom: agora sou obrigada a ter uma alimentação ainda mais saudável e como disse a minha gastro: adultos não foram feitos para tomar leite.Então tá né, vamos fazer do limão uma limonada. Não estou tão triste pelo fato, até porque estou me sentindo bem melhor agora. Minha intolerância não é tão severa, posso comer bolo, pão-de-queijo, não é tão radical assim, mas estou tomando bastante cuidado. A única coisa que estou sentindo muita falta, é o requeijão cremoso, mas vou comprar o lacfree para experimentar lá no Mundo Verde Uberlândia.
Então, hoje ensino pra vocês como fazer o ghee. Não tem nenhum segredo, é bem fácil. Eu me saí bem, então tá beleza. O Ghee pode ficar até 3 meses fora da geladeira. Lendo alguns sites descobri uma coisa interessante, que se soubéssemos o que a vaca comeu de fato ao longo de sua vida, livre de agrotôxicos e tudo mais, o ghee poderia durar até 200 anos. Interessante né. Pois é, agora eu tenho um pote grandão de ghee para usar a vontade nas minhas receitas, sem me preocupar. Dá uma olha aí nas propriedades dessa manteiga pura:
• É muito útil para problemas de infertilidade, baixa imunidade e problemas mentais (epilepsia, perda de memória, etc);
• Desenvolve a inteligência (por causa da sua propriedade “sattuic” e sua ação nos nervos;
• É fonte de vitamina A e aumenta o poder de visão e a voz (porque lubrifica e refresca);
• Fortalece o fígado, os rins e o cérebro (memória);
• É a melhor gordura para o organismo e o fígado;
• É muito útil para inflamações gastro-intestinais, úlceras, febres crônicas com asma, problemas crônicos nos pulmões. Quando o alimento é bem mastigado e a dieta é rica em fibras vegetais a quantidade de muco salivar que é deglutido aumentará, o que ajuda na proteção contra úlceras pépticas;
• Dizem que o ghee que ajuda a equilibrar os humores;
• Para os praticantes de Yôga, divulga-se como sendo um lubrificante natural, ajudando na flexibilidade para a prática das ásanas.
Namastê então para o Ghee!

Ingredientes para o Ghee

  • 250 gramas de manteiga sem sal (eu quis aproveitar e fiz 3 tabletes de 200 gramas, ou seja, 600 gramas)

Modo de preparo

Coloque a manteiga em uma panela grossa de preferência e leve ao fogo médio, mais para alto. A manteiga irá derreter e começara a ferver, formando uma espuma por cima e, em seguida, ela baixa. Quando formar a segunda espuma, aguarde alguns minutos e retire do fogo. Formará uns cristais no fundo da panela, que é a lactose, por isso não fique mexendo a panela, para não misturar. Retire essa espuma com uma espumadeira fininha ou um peneira. eu usei uma peneirinha que tenho, bem fininha e foi super fácil. Após esfriar, coe e coloque em um vidro. Você pode usar um pano de algodão limpinho (tipo uma fralda), mas também pode coloca no vidro com cuidado, coar, descartando os cristais brancos que ficarão no fundo, mas certifique-se de tirar toda a espuma de cima. Foi assim que eu fiz, sem coar. Você pode levar para a geladeira para endurecer e depois tirar, aí está pronta para usar, aproveite. Fique tranquilo, sua ghee pode ser armazenada fora da geladeira.

Fonte: http://cozinhatravessa.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, tudo bem?
Obrigada por visitar o iEu Recomendo!
O que achou da postagem?
Deixe sua opinião, ela muito importante para nós. :)