quinta-feira, 14 de setembro de 2017

MUFFIN DE ABOBRINHA SEM GLUTEN SEM LACTOSE

Ingredientes:
3 xicaras de farinha sem glúten 
1 colher de sopa de fermento em pó
1 1/2 colher de chá de canela
1 colher de chá de sal
2 ovos batidos
2 xícaras de abobrinha ralada
2 xícaras de açúcar demerara
1 xícara de óleo de coco
2 colheres de chá de baunilha
1 1/4 xícara de gotas de chocolate

Instruções:
Pré-aqueça o forno a 180°
Em uma tigela grande misture farinha, fermento, canela e sal. 
Em uma tigela separada misture os ovos, abobrinha, açúcar, óleo e baunilha. Em seguida, despeje na mistura de farinha e misture. 
Adicione as gotas de chocolate. 
Coloque a massa em forma de cupcake. Preencha 2/3 da forma.
Asse por aproximadamente 20-25 minutos ou até um palito de dente saia limpo.

CÂES: FIM DO XIXI NO LUGAR ERRADO

Aqui, não!

Limpar o local onde cães e gatos fizeram aquele xixi indesejado com vinagre de álcool puro tira completamente o cheiro da urina. E ainda ajuda para que eles não passem a usar o local como “banheiro”. Você pode até limpar antes com um produto de limpeza, mas não há necessidade. O segredo é retirar o “presente” e deixar o vinagre de álcool no local, secando sozinho. Pode insistir e usar diariamente que você vencerá o xixi no cansaço!

Banheiro

Mas lembre também de ajudar seu amigo de patas a saber onde deve fazer suas necessidades fisiológicas! O melhor “produto” para atraí-lo é justamente o cheiro de suas próprias fezes e urina. Então, até que ele aprenda bem onde se aliviar, deixe um pouco dos dois no local. Se você quiser que ele use o jornal, mantenha uma folha suja embaixo das limpas. Se for no quintal, não recolha as fezes imediatamente e procure deixá-las no canto onde você deseja que vire o banheiro. Ele errou? Vinagre por cima! Depois que o peludo aprender, você pode voltar aos padrões normais de higiene.

Não vale!

Violência e atos estúpidos, como esfregar o focinho do cão onde ele urinou errado, só traumatizam e fazem com que o animal tenha medo de você. Com inteligência e informação conseguimos ensinar cães e gatos a fazer tudo que precisamos para uma boa convivência entre espécies. Se você não tem a informação, vá atrás dela. Há diversos sites e livros sobre os mais variados temas de comportamento canino.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

COR DA GARRAFA MUDA A CERVEJA?

Você já parou para pensar na garrafa da sua cerveja? Se você é um fã da bebida, provavelmente já se deparou com vários formatostamanhos e cores dessa embalagem. O que talvez você ainda não saiba ainda é que nenhum desses atributos é por acaso!
Quando a cerveja é envasada, o propósito é que ela chegue ao consumidor com o seu sabor original preservado — e esse é o papel de uma garrafa de cerveja. Mas como exatamente isso acontece?
No post de hoje, você vai entender o papel da coloração, do formato e do tipo de embalagem na conservação da sua cerveja, desde a cervejaria até o seu copo!


A cor ideal

Você já deve ter reparado que a maior parte das garrafas de cerveja possui uma cor âmbar — e isso não é por acaso. Essa tonalidade, também usada em embalagens de outros alimentos, ajuda a proteger a sua cerveja da luz, seja ela natural ou artificial. Isso é muito importante, já que a iluminação e o calor são alguns do dos fatores que mais contribuem para a alteração de sabor da bebida.
Isso acontece por causa do lúpulo, ingrediente que é usado no preparo de qualquer cerveja. Ele é responsável pelo sabor característico e pelo amargor natural da bebida, mas ele também é "sensível" à luz.
Quando a cerveja é exposta à iluminação direta, o lúpulo acaba liberando um iso-alfa-ácido chamado de isohumulone. Esse elemento é o responsável pelo amargor exagerado e desagradável que algumas cervejas mal embaladas possuem. A este gosto dá-se o nome de "skunky", e muitas vezes é comparado ao cheiro de um gambá.
Garrafas de coloração verde deixam um pouco de a luz passar, ao contrário do tom âmbar, que bloqueia os raios luminosos completamente. Nelas, esse sabor indesejado não chega a se acentuar e prejudicar a cerveja, então algumas cervejarias optam por incorporar isso ao gosto final do produto.

O formato da garrafa de cerveja

Além da cor, que tem um papel bem importante na conservação dos sabores e aromasda cerveja, o formato da garrafa também serve aos mais diversos propósitos. Por exemplo, alguns gargalos possuem um molde pensado para ajudar a criar mais espuma na hora de servir.
Os diferentes formatos de garrafa de cerveja são usados especialmente de acordo com o tipo de consumo. Por exemplo, cervejas pilsen costumam ser apresentadas em embalagens maiores, para dividir entre os amigos.
Já os rótulos que costumam ser degustados individualmente são vendidos em embalagens menores, para que ela não perca as suas propriedades de sabor, corpo e aroma caso fique aberta por muito tempo.

O melhor material

Outro ponto importante é o material da embalagem. O vidro é usado na maior parte das garrafas de cerveja por ser completamente livre de sabor. Ou seja, quando você coloca a bebida em um frasco desse material, o recipiente não interfere no gosto dela, mesmo se for armazenada por períodos maiores.
Além disso, o vidro é completamente impenetrável, ao contrário do plástico, que possui aberturas microscópicas que permitem a entrada de oxigênio e saída de gás carbônico. É por isso que você praticamente não encontra cerveja em embalagens de plástico.
Já as latas, apesar de sofrerem certo preconceito, são um ótimo modo de conservar as características originais da cerveja. O material é livre de sabores e não deixa passar nada de luz, conservando melhor as propriedades sensoriais. Além disso, por ser totalmente impenetrável, o gás também fica seguro dentro das latinhas.

VIA: http://blog.cervejarialeopoldina.com.br